Agora Notícia - seu Portal de Informação 24 horas

Estado lança programa de combate à violência e promete investimento de R$ 500 milhões

Com investimento previsto de R$ 500 milhões, o programa, segundo o governador, vai garantir a presença do Estado nas periferias

Diego Monteiro

O Governo do Estado lançou na manhã desta segunda-feira, 10, o Programa Territórios pela Paz, principal promessa de campanha do governador Helder Barbalho para tentar frear a escalada da violência na Grande Belém.

Com investimento previsto de R$ 500 milhões nos próximos quatro anos, o programa, segundo o governador, vai garantir a presença do Estado nas periferias, sobretudo nos bairros com maiores índices de violência.

O programa prevê a implantação de mais de 100 projetos nas áreas de educação, cultura, esporte lazer, capacitação profissional e geração de renda, além de combate à violência, com a implantação da chamada polícia de proximidade, com os policiais atuando de forma mais próxima da população, e construção dos complexos Usinas da Paz, que vão concentrar a prestação de serviços às comunidades.

O primeiro território será implantado no bairro da Cabanagem, em Belém, e os outros seis nos bairros do Guamá, Jurunas, Terra Firme, Benguí, Icuí (Ananindeua) e União (Marituba). 

Fonte

Roma News
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Estado lança programa de combate à violência e promete investimento de R$ 500 milhões

Roma News

O Governo do Estado lançou na manhã desta segunda-feira, 10, o Programa Territórios pela Paz, principal promessa de campanha do governador Helder Barbalho para tentar frear a escalada da violência na Grande Belém.

Com investimento previsto de R$ 500 milhões nos próximos quatro anos, o programa, segundo o governador, vai garantir a presença do Estado nas periferias, sobretudo nos bairros com maiores índices de violência.

O programa prevê a implantação de mais de 100 projetos nas áreas de educação, cultura, esporte lazer, capacitação profissional e geração de renda, além de combate à violência, com a implantação da chamada polícia de proximidade, com os policiais atuando de forma mais próxima da população, e construção dos complexos Usinas da Paz, que vão concentrar a prestação de serviços às comunidades.

O primeiro território será implantado no bairro da Cabanagem, em Belém, e os outros seis nos bairros do Guamá, Jurunas, Terra Firme, Benguí, Icuí (Ananindeua) e União (Marituba).